terça-feira, 20 de novembro de 2012

33,5 % dos empreendedores gostam de flores.







       Através de um convite muito especial participei da comissão do prêmio SEBRAE mulheres de negócios em 2012. Ouvi tantas histórias de vida que imagino o quão foi  difícil para a bancada julgadora indicar uma única pessoa  por categoria, mas aprendi muito com essa experiência.

I - Mulheres gostam de flores.

Toda mulher é mulher antes de ser empreendedora e isso deixa tudo mais delicado, foi muito especial ler  que todas as mulheres buscavam vencer sem perder o lado “ela” de ser.

II – Mulheres descem do salto quando precisam.

Descer do salto sem perder a magia, mas para dar uma reviravolta na vida. As histórias que escutei das mulheres tiveram sempre um ar de resiliência. Com ou sem salto, mas sempre com pé no chão.

III – Mulheres de atitude.

O mundo mudou muito, nessas histórias vi o quanto existem centenas  de mulheres que estão à frente de seus lares. Mulheres determinadas que direcionam o norte de suas famílias, companheiros e filhos.

Sempre fui fã da figura feminina.

Agora, admiro e valorizo mais ainda.


O resultado sai em fevereiro de 2013, boa sorte!

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Pessoas Paraquedas








Na semana passada vi uma promoção do Zaffari, que achei a coisa mais linda.

Era o seguinte:

"Conte-nos um motivo especial para que a gente possa comprar passagens e trazer quem você deseja para passar o natal na sua casa."
...

Lindo né?

Enquanto muitos desejam ir, outros só, queriam que alguém voltasse. É o clico da vida, mas tem também outra coisa que acontece na vida da gente, pessoas de paraquedas. Chegam assim sem avisar e já se tornam novos amigos especiais que deixam saudades.


E aí?

Se você não pode ir até alguém, que tal trazer ela pra perto de você ?

Boa semana!

*firenze cielo ballon, é um papel de parede infantil que vi em loja em Santiago- Chile

domingo, 18 de novembro de 2012

só ar






A noite vem chegando e ai fica aqui, só você e eu mesmo. Frente a frente, nesse encontro de dúvidas e dores. Hoje nossa pauta tem nome, mas não tem sobrenome. É falar do "Será?".

Será que é fácil?

Será que é difícil?

Será, será, será....

Será, parece ser do tamanho da importância que desejamos dar ?

Mas será sempre será ar.

Só ar.


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

InforMar since 1996



Ano que vem estou embarcando em uma aventura no Vale do Silício, Califórnia - EUA. Aí comecei a pensar como vou lembrar do Brasil sem me desfocar. Acho que essa canção do Giba gil casou com o que eu queria. Lendo sobre a formação da letra dessa música, vi o quanto esse artista é iluminado. A canção é totalmente atual até os dias de hoje. E pensei: "bom quando a gente cria algo que o tempo não apaga".


Bom final de semana.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Quebra de paradigma




Quebra de paradigmas é assim. 
Difícil, mas necessário.

Em tudo na vida tem um aprendizado e atualmente aprendi que :
 Quanto mais você compartilha suas metas,sonhos e objetivos, mas 
as pessoas te dão força para que ele se realize.

Só que chega uma hora que só depende de você.
E ai você tem que arriscar.

Boa semana!

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Os que Ficam...




  




Um famoso palestrante começou um seminário numa sala com 200 pessoas, segurando uma nota de R$ 100,00.
Ele perguntou:
"Quem de vocês quer esta nota de R$100,00?".
Todos ergueram a mão...
Então ele disse:
"Darei esta nota a um de vocês esta noite, mas primeiro deixem-me fazer isto..."
Aí, ele amassou totalmente a nota.
E perguntou outra vez:
"Quem ainda quer esta nota?"
As mãos continuavam erguidas...
E continuou:
"E se eu fizer isto... Deixou a nota cair no chão, começou a pisá-la, esfregá-la.
Depois, pegou a nota, agora já imunda e
amassada e perguntou:
E agora?
Quem ainda quer esta nota de R$100,00??
Todas as mãos voltaram a se erguer.
O palestrante voltou-se para a plateia e disse que tinha ensinado uma lição.
Não importa o que eu faça com o dinheiro, vocês continuam a querer esta nota porque ela não perde o valor.
Essa situação também acontece com a gente...
Muitas vezes em nossas vidas, somos amassados, pisoteados e ficamos nos sentindo sem importância.
Mas, não importa... jamais perderemos nosso valor.
Sujos ou limpos, amassados ou inteiros, magros ou gordos, altos ou baixos, nada disso importa!
Nada disso altera a importância que temos!
O preço de nossas vidas, não é pelo o que aparentemos ser, mas pelo que fizemos e sabemos!!!
Agora reflita bem e procure responder a estas perguntas:
1-Nomeie as 5 pessoas mais ricas do mundo.
2-Nomeie as 5 últimas vencedoras do concurso Miss Universo.
3-Nomeie 10 vencedores do prêmio Oscar, como melhores atores ou atrizes.
Como vai? Mal né? Difícil de lembrar???
Não se preocupe.
Ninguém de nós se lembra dos melhores de ontem.
Os aplausos vão-se embora!
Os troféus ficam cheios de pó!
Os vencedores são esquecidos!
Agora responda a estas perguntas:
1-Nomeie 3 professores que lhe ajudaram na sua verdadeira formação.
2-Nomeie 3 amigos que já lhe ajudaram nos momentos difíceis.
3-Pense em algumas pessoas que lhe fizeram sentir-se alguém especial.
4-Nomeie 5 pessoas com quem transcorres o seu tempo.
Como vai? Melhor não é verdade?
As pessoas que marcam a nossa vida não são as que tem as melhores credenciais, com mais dinheiro, ou os melhores prêmios...
São aquelas que se preocupam com você, que cuidam de você, aquelas que de algum modo estão com você.
Reflita um momento.
A vida é muito curta!
Você em que lista está?
Não sabe?

Boa semana!




sábado, 3 de novembro de 2012

Eu queria, quero.



Quando eu era pequeno eu queria ser um avião, depois descobri que não dava pra ser isso. Então resolvi gostar de fazer as malas, agora chegou a hora de fazer uma mala diferente, uma partida com certo tempo para retorno. E isso ao mesmo tempo em que é uma delícia, dá tanta saudade. TANTA! Dizem que quando você está sensível seus sentidos aumentam, eu concordo. Ver os amigos, famílias e pessoas queridas parecem ter outro valor, aquele de aproveitar até o ultimo minuto.  E ao mesmo desapego da vida material, sociedade na empresa, trabalho e carreira. Aí me lembro de que de fato estou realizando aquilo que sonhava fazer. E o sabor disso é tão gostoso quanto um abraço.


A mala é da Talentosa Nayara Menezes, que tem um quase "R"afa como seu pequeno avião.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Um delícia de clichê aí por favor.


O valor das coisas não está no tempo que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.


Fernando Pessoa

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Pipa pá. vai......vai.




Parece amiúde, mas passa. A certeza no olhar é tão boa quanto à incerteza de não enxergar o que está por vir. Parece que a cidade está crescendo e as pessoas também, mas de repente lá nas alturas ainda é possível sonhar como as crianças. E realizar.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Quem se importa?





A cada dia aparece mais e mais músicas que fazem parte dos nossos dias. E aos poucos elas vão interagindo com nossas histórias, pessoas, momentos, cheiros e até sentimentos.

E não é musicoterapia do blá, blá, blá ou  da imagem do Cult "colocando nome de bandas que ele pegou na Rolling Stones". Ninguém se importa com o que você escuta. Exceto você e os seus sentimentos. A Música pode te alegrar ou te fazer chorar, depende de como está os seus sentidos e lembranças. Pode ser de nina o neném ou para estimular a fazer neném. 

Música é a alma lavada e cantada soprando por aí doida para encontrar um doido que encante por ela.


É amor. É tchu. E toda forma vale.


>Repeat

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Deixe o Barro Secar




Certa vez uma menina ganhou um brinquedo no dia do seu aniversário.
Na manhã seguinte, uma amiguinha foi até sua casa para fazer-lhe companhia e brincar. Mas a menina não podia ficar com a amiga, pois tinha que sair com a mãe.
A amiga pediu que a menina a deixasse ficar brincando com seu brinquedo novo até que ela voltasse. Ela não gostou muito da ideia, mas por insistência da mãe, acabou concordando.
Quando retornou para casa, a amiguinha já não estava lá e tinha deixado o brinquedo fora da caixa, todo espalhado e quebrado.
Ela ficou muito brava e queria ir até à casa da amiga para brigar no mesmo instante.
Mas a mãe ponderou:
- Você se lembra daquela vez que um carro jogou lama no seu sapato? Ao chegar em casa você queria limpar imediatamente aquela sujeira, mas sua avó não deixou. Ela falou que você deveria primeiro deixar o barro secar. Depois, ficaria mais fácil limpar...
E prosseguiu dizendo:
- Com a raiva é a mesma coisa. Deixe a raiva secar primeiro, depois ficará bem mais fácil resolver tudo.
Mais tarde, a campainha tocou: era a amiga trazendo um brinquedo novo... Disse que não tinha sido culpa dela, e sim de um menino invejoso que, por maldade, havia quebrado o brinquedo quando ela brincava com ele no jardim.
E a menina respondeu:
- Não faz mal, minha raiva já secou!
Discussões no dia-a-dia, nos relacionamentos e no trabalho podem levar as pessoas a ter sentimentos de raiva. Segure seus ímpetos, deixe o barro secar para somente depois limpa-lo. Assim você não corre o risco de cometer injustiças.


Boa semana ;)







sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Viver ou juntar dinheiro?



Tem muita baboseira no Facebook, mas essa matéria faz sentido.

Boa Sexta Feira.

domingo, 30 de setembro de 2012

#15%


domingo, 23 de setembro de 2012

Keep Calm e Camaro amarelo.


   



     Bom dia pessoal,  estou no interior de um estado na região norte. Pude perceber mais ainda a força desse sertanejo universitário como estio de viver. Fiquei pensando "porque de verdade eu não sei" se teve um dedo de planejamento na inserção dessas marcas : Chevrolet - Camarelo Amarelo, Land Rover e etc. E a Fiat? Não poderia aproveitar para lançar uma edição do Fiorino ?


Fato é que essas músicas geram uma relação muito forte,passageira, mas muito forte com o público jovem.

E  isso é bom arnaldo ?

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Tirando a poeira daqui.



                Hoje vivemos no verdadeiro turbilhão de informações. São marcas, hits, pop-ups e etc. É muita informação! No meio de tudo isso vem às marcas que não são mais um rostinho bonito na prateleira ou na seção de sapatos. Agora  as marcas estão presente no seu e no meu dia a dia. É preciso fazer check-in na rede social para  mostrar que sou “moderno” é preciso fazer o check-out na lixeira da reciclagem porque também sou “ECO”.  A verdade é que mais do que marcas e rótulos é preciso não só estar presente, mas ao lado do consumidor. Conhecê-lo e saber suas aptidões. Em que tribo ele está inserido e qual linguagem utilizada.

                O planejamento não é só mais uma ferramenta para produzir um plano de ação ou potencializar a verba do cliente em ação especifica. Planejar é escutar muito antes de qualquer coisa. É passar horas no ponto de venda observando o consumidor e entender que ele quer mesmo que nem o próprio cliente saiba.

                Por isso não só ter um bom planner que entenda de planejamento é preciso de uma pessoa que goste de gente e que tenha curiosidade para pesquisar e aprender sobre o cliente  do nosso cliente.