terça-feira, 18 de outubro de 2011

Razão do dia

Para acreditar em mundo melhor.

Fica

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Satisfação

Se está difícil satisfazer alguém. Satisfaça você.

E se eu quiser mudar?



Autor:  Edson Marques

Comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade.
Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus. Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias.
Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas. Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.
Durma no outro lado da cama. Depois, procure dormir em outras camas.
Assista a outros programas de TV, compre outros jornais, leia outros livros.
Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua. Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia, o novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, a nova vida.
Tente. Busque novos amigos. Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado, outra marca de sabonete, outro creme dental. Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares. Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, de carro. Compre novos óculos. Escreva outras poesias.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se de que a vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação,
um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.
Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude de novo.
Experimente outra  vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores
do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.
Só o que está morto não muda!
Repito, por pura alegria de viver:
a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!

- - - - - -
Reflita sobre isso!
Ótima Semana.
- - - - - -
Mesmo que a nossa carne se corrompa,
o nosso homem interior se renova a cada dia.
II Coríntios 4:16

domingo, 2 de outubro de 2011

Versinho de guardanapo



" quer namorar comigo ?

Ass. Eu. " p.s : moro no aqui, mas posso viver em qualquer lugar desde que seja com voce. Nao tenho casa, mas posso te abracar toda vez que voce precisar de um lar e por ultimo nao tenho filho, mas ja estou acabando de pedir em namoro a mae deles. Voce.

Domingo a noite.

Se amardes aos que vos amam, que mérito há nisso? Pois também os pecadores amam aos que os amam.


Lucas 6

sábado, 1 de outubro de 2011

"mas tu é muito novo para estar aqui!"



Foi com essa frase no título que fui recebido no palco do teatro Amazonas em Manaus, pela nossa presidente da república - Dilma. Foi no lançamento do Brasil sem miséria no norte do país. Eu fui representando o grupo Araújo ( http://www.flickr.com/photos/tudopravoc/6200361720/in/photostream ) empresa qual faço parte da equipe de marketing. Foi uma experiência muito legal. Divertida e com seriedade.

No final uma pessoa me disse uma coisa que fez todo sentido.

" Você já percebeu que qualquer pessoa que trabalha com amor no que faz é  sempre valorizada ?"

E você pode até não gostar do seu atual cargo ou profissão, mas pode escolher fazer isso com amor e seriedade.

Afinal,  no final a escolha é sua.

Vamos trabalhar. Juntos.

Até a próxima.

Pires